Edição Online

Quarta, 20 de Outubro de 2021

Drogaria Souza
(112)

ECONOMIA|EMBRAER IMPACTA A BOLSA COM A VENDA DE JATOS EXECUTIVOS PARA A NETJETS

Embraer fecha a venda
de 100 jatos executivos para
a NetJets, por US$ 1,2 bilhão

De acordo com informações da Embraer, o novo acordo com a NetJets foi fechado após a entrega de mais de 100 jatos Phenom 300. O novo contrato prevê a entrega de até 100 aeronaves adicionais e que a NetJets, integrante do grupo Berkshire Hathaway, começará a receber o modelo Phenom 300E da nova encomenda no segundo trimestre de 2023, para operação nos Estados Unidos e Europa 


O novo contrato com a Embraer prevê a entrega de até 100 aeronaves adicionais e que a NetJets, integrante do grupo Berkshire Hathaway.
|Foto:
©Reuters/Roosevelt Cassio/Direitos Reservados

Por Luciano Nascimento - Brasília

Após anunciar um acordo para a venda de 100 aeronaves para a companhia aérea NetJets, as ações da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A) operam em alta no pregão de segunda-feira, 11, na B3, a Bolsa de Valores de São Paulo. https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1424169&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1424169&o=node

Ainda pela manhã, a Embraer disse que recebeu encomenda adicional de cerca de US$ 1,2 bilhão para a entrega de jatos executivos Phenom 300 para a NetJets, de Warren Buffett. Por volta das 13h25, os papéis EMBR3 avançavam 5,26%, negociados a R$ 26,04, com um recuo para 4,4%, negociados a R$ 25,84, por volta das 15h40.

O Phenom 300E é o jato leve mais vendido dos últimos nove anos no segmento. O primeiro acordo de compra da NetJets, assinado em 2010, contemplou 50 pedidos para os jatos executivos, mais opções de até 75 aeronaves adicionais.

Mais 100 aeronaves

A Embraer disse que o novo acordo com a NetJets foi fechado após a entrega de mais de 100 jatos Phenom 300. O novo contrato prevê a entrega de até 100 aeronaves adicionais e que a NetJets, integrante do grupo Berkshire Hathaway, começará a receber o modelo Phenom 300E da nova encomenda no segundo trimestre de 2023, para operação nos Estados Unidos e Europa.

“Com este novo pedido, que inclui um abrangente contrato de serviços, a NetJets não apenas reforça seu compromisso em criar uma experiência aprimorada para o cliente, à medida que a demanda por aviação privada continua a crescer, mas também sua confiança no inovador portfólio da Embraer para oferecer a experiência perfeita a seus clientes”, disse a Embraer, em comunicado.

 

Agência Brasil

Auto Fácil Veículos