Edição Online

Quarta, 25 de Maio de 2022

Drogaria Souza
(125)

ESPORTE|SKATISTA MARANHENSE DE 13 ANOS, RAYSSA LEAL FATURA O ABERTO DE CRICÚMA-SC

Skatista Rayssa Leal fatura o título do STU de Criciúma, 1ª etapa circuito brasileiro 2022

Antes da superfinal, que reuniu as quatro melhores do street do STU Criciúma, oito atletas disputaram a final. Marina Gabriela avançou à superfinal junto com Rayssa, Pâmela e Gabi. As outras quatro – Giovana Dias, Karen Feitosa, Rafaela Murbach, Virgínia Fortes Água – foram eliminadas. O cearense Lucas Rabelo foi o campeão no street masculino 


O domingo, 16, foi bom para a skatista maranhense Rayssa Leal, de 13 anos, que conquistou o título do skate street do STU de Criciúma-SC, etapa de abertura do circuito
nacional skate de 2022.|Foto:
©Júlio Detefon/STU Open/Direitos Reservados

Por Agência Brasil - Rio de Janeiro

O domingo, 16, foi bom para Rayssa Leal, de 13 anos, que conquistou o título do skate street do STU de Criciúma-SC, etapa de abertura do circuito nacional skate de 2022. Medalha de prata na Olimpíada de Tóquio (Japão), a maranhense de Imperatriz superou na superfinal a paulista Pâmela Rosa, bicampeã mundial, ao alcançar 15.24 pontos.

Pâmela terminou em segundo lugar (14.08) e Gabi Mazetto em terceiro (9.38). O evento ocorreu sob forte calor e com a presença de público no Parque Municipal Prefeito Altair Guidi, cuja pista é considerada uma das mais modernas do país pela Confedração Brasileira de Skate (CBSk).https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1437050&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1437050&o=node

Antes da superfinal, que reuniu as quatro melhores do street do STU Criciúma, oito atletas disputaram a final. Marina Gabriela avançou à superfinal junto com  Rayssa,  Pâmela, e Gabi. As outras quatro – Giovana Dias, Karen Feitosa, Rafaela Murbach, Virgínia Fortes Água –  foram eliminadas.

Na disputa masculina, quem brilhou foi o cerarense Lucas Rabelo, de 22 anos, campeão do STU Open Rio no ano passado. O skatista conseguiu na superfinal nota 8.81, a mais alta da etapa e travou disputa acirrada com o paranaense Wilton Souza que cravou 8.21.  Mas na soma final Rabelo levou a melhor com nota final 23.33, se sagrando campeão da primeira etapa do circuito nacional de street. Souza terminou em segundo e Eduardo Neves em terceiro.

 

Agência Brasil

Auto Fácil Veículos