Edição Online

Quinta, 07 de Julho de 2022

Drogaria Souza
(114)

MUNDO|MORRE AOS 79 ANOS, O COMPOSITOR GREGO VANGELIS, AUTOR DE CARRUAGEM DE FOGO

Morre aos 79 anos na Grécia, Vangelis, o compositor da trilha sonora do filme Carruagens de Fogo

O filme Carruagem de Fogo, narra triunfo de corredores britânicos nas Olimpíadas de 1924. Apesar de ter tido sucesso na cena de rock progressivo no começo dos anos 1970, ele ficou desconfortável com as expectativas de um artista comercial e praticamente se abrigou em um estúdio de gravação que criou para si em Londres, e foi lá que ele escreveu a trilha sonora de Carruagens de Fogo 


Vangelis disse que a trilha sonora, que lhe rendeu o Oscar em 1981, e liderou as paradas por semanas, foi em parte uma homenagem ao seu pai, que havia sido um entusiasmado
corredor amador. Mas ele minimizava a popularidade que ela recebeu.|Foto:
©Reuters Photographer/Direitos Reservados

Por James Mackenzie e Karolina Tagaris - Reuters - Atenas

O compositor grego Vangelis, autor da música Carruagens de Fogo morreu aos 79 anos, publicou na quinta-feira, 19, a agência de notícias Athens News. A música com tema eletrônico foi feita para o filme de mesmo nome, vencedor do Oscar de 1981, e foi uma das trilhas sonoras mais conhecidas dos anos 1980.https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1460724&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1460724&o=node

Citando um anúncio do escritório dos seus advogados, a agência disse que Vangelis morreu no fim da terça-feira, sem citar a causa da morte.

Apesar de ter tido sucesso na cena de rock progressivo no começo dos anos 1970, ele ficou desconfortável com as expectativas de um artista comercial e praticamente se abrigou em um estúdio de gravação que criou para si em Londres.

Foi lá que ele escreveu a trilha sonora de Carruagens de Fogo, a história do triunfo de um grupo de corredores britânicos nos Jogos Olímpicos de 1924.

Vangelis disse que a trilha sonora, que lhe rendeu o Oscar e liderou as paradas por semanas, foi em parte uma homenagem ao seu pai, que havia sido um entusiasmado corredor amador. Mas ele minimizava a popularidade que ela recebeu.

"É só mais uma música", disse em entrevista.

O sucesso de Carruagens de Fogo ofuscou suas outras trilhas sonoras, mas ele escreveu a música de vários filmes, como Missing - o Desaparecido, dirigido pelo seu compatriota Costa-Gravas, e para o thriller futurista de Ridley Scott, Blade Runner.

 

Agência Brasil

Auto Fácil Veículos